Back To Top

Busca Lojas Conceito ZEISS e i.Terminal

Categoria

10 anos de lentes individualizadas com tecnologia de forma livre da ZEISS

Algo que todos consideravam impossível no passado: as lentes progressivas tão individuais como os seus utilizadores são, agora, o ponto de comparação para tudo.

O dia 12 de Maio de 2000 foi um marco na história das lentes oculares: nasceram as primeiras lentes progressivas que podiam ser moldadas para cada utilizador individual – Gradal® Individual da ZEISS. Esta tecnologia para produção individualizada de lentes progressivas permanece revolucionária até hoje e proporciona cada vez a mais pessoas uma melhor visão graças aos maiores campos de visão, bem como uma melhoria na tolerância ao utilizador. Nos últimos dez anos, a Carl Zeiss Vision continuou a optimizar esta tecnologia e a expandir as características do seu produto.

10 Years of Individualised Lenses with Freeform Technology from ZEISS

10 anos de lentes individualizadas com tecnologia de forma livre da ZEISS

Queremos, agora, desejar um «Feliz Aniversário» a uma lente muito especial!  Uma lente calculada e produzida para incorporar a graduação da lente, a distância entre as pupilas do utilizador, a posição da armação diante dos olhos e a distância de leitura preferida do próprio utilizador. Isto possibilitou o fabrico de lentes progressivas numa base totalmente personalizada para proporcionar uma melhor visão «feita à medida».

Com a Gradal® Individual, a Carl Zeiss Vision desenvolveu uma lente progressiva que conta com propriedades novas e revolucionárias. Com base na graduação e nos dados de encaixe medidos pelo profissional ocular, cada lente progressiva Gradal® Individual é individualmente calculada para cada utilizador individual. Estes dados são incorporados em cálculos matemáticos na Carl Zeiss Vision, com base em que cada lente é produzida individualmente para cada utilizador.

Porquê tanto trabalho?

Quanto mais exactamente definida estiver a posição da lente diante do olho do utilizador, melhor pode ser tida em consideração logo à partida, ou seja, nos cálculos efectuados antes da produção.  Os campos de visão utilizáveis tornam-se maiores, aumentando também, assim, a tolerância do utilizador. Deste modo, as lentes são optimizadas para proporcionar condições visuais ideais para o utilizador.  Por exemplo, a distância entre as pupilas do utilizador, ou PD, como também é conhecida, é um parâmetro importante para os dados de produção da lente. Tal como a potência da graduação para visão ao longe, isto tem uma influência decisiva mas também na visão ao perto. Isto é de importância fundamental para uma lente progressiva concebida para corrigir a visão ao perto e ao longe, mas à qual não foi prestada atenção suficiente antes da introdução das lentes individualizadas.

O que é a tecnologia de forma livre?

A tecnologia de forma livre possibilitou aquilo que, previamente, era visto como impossível: a implementação de um design verdadeiramente individualizado. Mas o que é que é exactamente a tecnologia de forma livre?

Todas as lentes progressivas têm uma potência de leitura na parte inferior da lente. A parte superior da lente é usada para visão à distância, e a transição entre as duas zonas – também conhecida por corredor de progressão – proporciona uma visão nítida no campo de distância média. Devido às leis da física, ocorre uma desfocagem nas extremidades desta zona, que pode variar de intensidade consoante a qualidade do design da lente progressiva e o grau do encaixe individualizado. Quanto mais individualizados forem o cálculo e a produção de uma lente progressiva, menor as áreas periféricas de desfocagem. Isto resulta numa melhoria da visão e da tolerância do utilizador.

Uma superfície progressiva é o que se chama a uma superfície de forma livre. Na Carl Zeiss Vision, são definidos os pequenos componentes da superfície que variam localmente e originam uma superfície progressiva suave. Estes componentes de superfície são adaptados à graduação do utilizador com a ajuda de cálculos matemáticos e são, depois, produzidos. Isto significa que o design da lente pode ser individualmente personalizado às necessidades pessoais do utilizador.

Marcos da tecnologia de forma livre na Carl Zeiss Vision

1981 Introdução da tecnologia de forma livre.

2000 Introdução da Gradal® Individual: As lentes individualizadas podem, agora, ser produzidas usando a tecnologia de forma livre.

2006
Introdução da sucessora da Gradal® Individual: É adicionado um novo parâmetro – FrameFit®. O FrameFit® permite-lhe configurar os seus óculos de modo a satisfazer o seu gosto pessoal e necessidades: rectangulares, redondos, pequenos, grandes ou angulares, a escolha é sua.

Desde 1 de Janeiro de 2010, toda a gama de lentes progressivas da Carl Zeiss Vision está disponível com tecnologia de forma livre.

Desde Abril de 2010, as lentes progressivas individualizadas estão disponíveis num amplo espectro de lentes de óculos de sol e, também, para modelos desportivos, envolventes ou extremamente na moda.

Desde Outubro de 2010, a introdução da ZEISS Progressive Individuell 2 com EyeFit Tecnologia – Feita à medida dos seus olhos.

Imagem: © ExQuisine - Fotolia.com

Artigos relacionados

A sua configuração de lente ZEISS individual
As lentes progressivas são adequadas para a caça?
A ZEISS redefine as lentes progressivas!
Apenas seus óculos podem fazer isso!
Como escolher as lentes progressivas certas?
 

We use cookies on this site. Cookies are small text files that are stored on your computer by websites. Cookies are widely used and help to optimize the pages that you view. By using this site, you agree to their use. mais

OK