Back To Top

Busca Lojas Conceito ZEISS e i.Terminal

Categoria

Na moda: Lentes coloridas

Como se perder nas cores com lentes tingidas

As lentes coloridas ou tingidas já se encontram no mercado há algum tempo. As tendências da moda orientam este produto, e o conjunto de cores disponível abrange um espectro impressionante. Este artigo permite-lhe perceber como se orientar por entre a selva de cores, no seu optometrista, ao mesmo tempo que faz a melhor escolha para os seus olhos – especialmente quando se trata de os proteger de raios ultravioleta.

Na moda: Lentes coloridas

Como se perder nas cores com lentes tingidas

Além de poder escolher a sua armação preferida, pode, também, personalizar os seus óculos ao acrescentar lentes tingidas. Convenhamos, um par de óculos é, no fim de contas, um acessório de moda que acentua o estilo pessoal do seu proprietário. O lema: Tenha bom aspecto e desfrute de uma visão excelente. A Carl Zeiss tingirá as suas lentes com as cores mais populares – em uma ou duas cores – ou variadas. Antes de seleccionar, deve consultar o seu optometrista para determinar em que ocasiões usará os seus óculos de lentes tingidas. Estas lentes serão usadas apenas para óculos de sol, no dia-a-dia ou somente em actividades especiais?

O seu optometrista oferece-lhe uma ampla gama de amostras de cores, em todos os tons. Use-as para testar as cores e tome a decisão acertada. Pode, também, tingir as suas lentes com base nas suas instruções individuais e amostras de cor – por exemplo, a cor de um tecido – que traga.

Os efeitos de filtro, das lentes ligeiramente tingidas, tornam a luz, nos locais artificialmente iluminados, mais suportável, dando-lhe, também, a oportunidade de se afirmar ao nível da moda.

Algumas indicações para a selecção de lentes coloridas:

Ao escolher um tom colorido para a sua lente, não há dúvida de que menos pode significar mais. Se pretender usar os óculos com frequência, a tonalidade deve ser mínima, para que as pessoas com que interage ainda possam ver os seus olhos nitidamente. Ao escolher a cor, as mulheres devem usar a maquilhagem para olhos, que usam normalmente, e seleccionar um tom em conformidade. Tenha em atenção, também, a roupa que mais usa. O seu optometrista será, depois, capaz de lhe apresentar uma selecção de cores que combinem, para os seus óculos, da colecção de homem ou mulher.

A tendência favorece, especialmente, tonalidades de amarelo, cor-de-rosa ou azul. Porém, se planear usar os seus óculos como óculos de sol, terá se escolher com grande cuidado, pois nem todas as lentes proporcionam uma protecção adequada contra o sol e, especialmente, contra raios ultravioleta. Alguns podem, até, causar danos. Quando usa óculos de sol, as suas pupilas expandem por completo, não se encontrando, assim, tão bem protegidas. Certifique-se que escolhe óculos que filtrem raios ultravioleta: Os óculos que reduzem a luz em mais de 30% proporcionam uma protecção de 100% contra raios ultravioleta. Importante: A cor ou intensidade da tonalidade não indica o nível de protecção contra raios ultravioleta, o único indicador fiável é a etiqueta CE. Por regra, os óculos de sol vendidos por optometristas têm certificação CE e, consequentemente, são compatíveis com a protecção contra raios ultravioleta.

Para além da protecção contra raios ultravioleta, terá de prestar atenção a um segundo factor de protecção. Dentro do espectro de cores da luz, a luz azul é a que causa os maiores danos ao olho. Ataca o olho no local de origem da sua energia visual mais nítida. Em acréscimo, pode causar luz difusa, o que reduz o nível de contraste. Os bons óculos de sol têm de proporcionar protecção contra os raio ultravioleta e contra a luz azul. Se tiver algum receio sobre os seus óculos de sol actuais, o seu optometrista poderá ajudá-lo ao medir os níveis de penetração da luz azul e de protecção contra raios ultravioleta dos óculos em questão.

O optometrista poderá, também, verificar a qualidade dos óculos no local.  Pode, também, realizar uma verificação inicial em casa: Eleve os seus óculos numa linha horizontal recta, movendo-os para trás e para a frente. Se os seus óculos de sol forem de boa qualidade, a linha não deverá ficar distorcida. Porém, este teste apenas funciona com óculos não graduados.

Como é que as lentes de plástico podem ser mais coloridas do que as lentes de material mineral?

As lentes de material mineral, i.e. lentes provenientes do vidro, são tingidas através da absorção, por vaporização, de camadas sobre si mesmo. Estas camadas finas são constituídas por composições de metal ou óxido de metal, podendo apenas ser vaporizadas a temperaturas elevadas específicas. Possuem, também, uma refractividade natural elevada, e o seu grau de reflexão aumenta. Consequentemente, as camadas são vaporizadas, em vários passos, para manter as propriedades necessárias do vidro. Por conseguinte, as lentes minerais estão disponíveis em tonalidades castanhas de diferentes níveis de absorção – e como característica padrão, dispõem sempre de revestimento anti-reflexo dourado na parte de trás.

A tonalidade das lentes de plástico é atingida ao mergulhar as lentes em soluções coloridas. Consequentemente, as lentes de plástico podem ser tingidas para quase todas as cores.

Artigos relacionados

A luz azul: o que faz bem e o que faz mal
Lentes de óculos fotocromáticas: visão confortável e descontraída para todos
Mais robusto. Resistente a sujeira. Fácil de limpar: o inovador tratamento antirreflexo da ZEISS torna isso uma realidade em nossas lentes
Mais rápidas a escurecer. Mais rápidas a aclarar: Lentes que mudam de cor da ZEISS
Mais do que estilo: protecção solar para olhos de crianças
 

Este website usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto criados pelos websites e armazenados em seu computador. O uso de cookies é uma prática comum que permite melhorar o desempenho e a visualização dos sites. Ao navegar em nossos sites você está concordando com o seu uso. mais

OK