Sugestões para um melhor conforto com lentes progressivas

Qualquer pessoa consegue, facilmente, habituar-se a lentes progressivas ajustadas na perfeição.

Estas lentes têm três zonas invisíveis de transição entre si para permitir uma visão nítida desde ao perto até ao longe numa lente. As lentes progressivas são uma parte muito especial da tecnologia óptica da mais elevada qualidade. Quando individualmente ajustadas, proporcionam uma grande satisfação ao utilizador. Por vezes, porém, é necessário um pequeno treino para que as pessoas se habituem a lentes progressivas.

Sugestões para um melhor conforto com lentes progressivas

As lentes progressivas são a melhor solução para manter uma visão perfeita em todas as distâncias. As pessoas que já se habituaram a elas não gostam de estar sem estas lentes de alta tecnologia. Todavia, os utilizadores devem estar cientes de algumas coisas, de modo a obterem a maior satisfação possível dos óculos com lentes progressivas.

Uma consulta profissional com um oculista é um requisito básico

A primeira prioridade é uma consulta pessoal com um oculista. Tal como cada pessoa é um indivíduo, os olhos e hábitos visuais também são únicos. Consequentemente, um bom oculista realizará uma análise exacta. Perguntará, por exemplo, sobre o seu trabalho e passatempos, de modo a ficar com uma ideia dos seus hábitos visuais. A sua postura e o formato da sua cabeça também são importantes.

O teste preciso de óculos desempenha um papel especial no ajuste perfeito de lentes progressivas.  Ambos os olhos são individualmente medidos e a visão binocular também é testada para determinar a potência da lente. Apenas assim se pode determinar correctamente qual o acessório de leitura e a potência certa das lentes.

Também importante é o procedimento de centragem. Mesmo pequenas discrepâncias na centragem precisa do meio da pupila podem prejudicar a visão e, ao mesmo tempo, o bem-estar do utilizador.

As lentes progressivas precisam de algum tempo para que os que as utilizam pela primeira vez se habituem a elas.

Mas não se preocupe: Actualmente, a taxa de sucesso para lentes progressivas modernas é bastante elevada. A tecnologia tem tido um desenvolvimento contínuo. Ainda assim, é importante que o utilizador se habitue às lentes progressivas. O olho e o cérebro têm de se habituar a ajustar às diferentes potências de refracção das lentes progressivas. Aqui está um exemplo: Quando um utilizador de óculos sobe escadas, olhará pela área inferior das lentes progressivas. No entanto, essa é exactamente a parte que está ajustada para uma distância de leitura de, aproximadamente, 40 centímetros. As escadas estão, obviamente, mediante o tamanho, a uma distância superior. Assim, não serão vistas nitidamente. As boas notícias: O sentido da visão é, certamente, muito complexo, mas, felizmente, também é um sistema bastante adaptável. Num curto espaço de tempo, é capaz de aprender e adaptar-se a novas condições. Quando sobe as escadas, um utilizador de óculos apenas aponta a cabeça para um ponto mais distante.

Ao que é que tenho de me habituar, potencialmente, quando usar lentes progressivas?

  • A desfocagem e a pequenas distorções nas extremidades das lentes.
  • A mover a cabeça mais frequentemente e a mover as pupilas menos frequentemente, especialmente para distâncias ao perto, dado que o campo de visão para distâncias ao perto apenas se situa na parte inferior das lentes.
  • Em conjunto, tem de se habituar às áreas individuais de visão e à respectiva posição nos óculos: na área inferior, apenas vê, nitidamente, as distâncias ao perto. Se olhar ao longe, terá de o fazer usando a área superior da lente, pois caso contrário tudo o que vir estará desfocado.

Todos estes efeitos colaterais são totalmente naturais e diminuem com o passar do tempo, e, depois, ficará tão habituado às lentes que pensará que desapareceram por completo. O que é importante: Deve usar os novos óculos com lentes progressivas desde o início e, de preferência, de manhã até à noite. A propósito, a idade não faz diferença. Embora o seguinte também tenha de ser dito sobre as lentes progressivas: quanto mais cedo as começar a usar, mais fácil é habituar-se a elas. É bastante útil começar a usar lentes progressivas o mais cedo possível, desde que a correcção da visão ao perto seja ligeira. O período de adaptação é consideravelmente mais fácil, dado que as transições ininterruptas entre áreas ainda são bastante ligeiras quando as lentes estão a ser polidas.

Se as suas novas lentes progressivas não forem agradáveis após o período de adaptação de duas ou três semanas, o seu oculista terá todo o gosto em continuar a ajudá-lo.

Este website usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto criados pelos websites e armazenados em seu computador. O uso de cookies é uma prática comum que permite melhorar o desempenho e a visualização dos sites. Ao navegar em nossos sites você está concordando com o seu uso. mais