Back To Top

Busca Lojas Conceito ZEISS e i.Terminal

Categoria

Como é que os seus olhos sorriem?

Quer usemos óculos ou não, os nossos olhos são um factor importante no modo como comunicamos. Aqui estão 3 sugestões para que os utilizadores de óculos consigam obter olhos sorridentes.

Rir faz-nos bem – porque uma gargalhada mesmo boa utiliza até 100 músculos no nosso corpo e rosto. O contacto visual e os olhos sorridentes também facilitam, substancialmente, a nossa comunicação com outras pessoas. Mas como é que podemos fazer com que os nossos olhos tenham a melhor aparência possível? Como é que as lentes oculares ajudam os nossos olhos quando estes sorriem?

Como é que os seus olhos sorriem?

Quer usemos óculos ou não, os nossos olhos são um factor importante no modo como comunicamos. Aqui estão 3 sugestões para que os utilizadores de óculos consigam obter olhos sorridentes.

Um olhar é um dos nossos meios de comunicação mais importantes. Os nossos olhos reflectem os nossos sentimentos sobre a pessoa com quem falamos, especialmente ao nível de gostar ou ter aversão. Isto ocorre de modo bastante rápido e, em grande parte, envolve a percepção subconsciente. O contacto visual é a ponte nas nossas conversas que facilita a transmissão de informação.

 

Em várias situações quotidianas, como no trabalho ou quando se conhecem pessoas, é muito importante aparentar ser espontaneamente afável. Queremos criar uma atmosfera agradável na nossa conversa. Os nossos olhos desempenham um papel importante nesta tarefa. Se conseguirmos que sorriam de modo descontraído, isto permite-nos ultrapassar qualquer estranheza. Todavia, isto não é nada fácil, especialmente em situações tensas. Mas, no entanto, pode treinar: esqueça as suas preocupações e tensão, pelo menos temporariamente, e concentre-se em fazer com que os seus olhos sorriam. Os formadores em comunicação até aconselham as pessoas a praticarem em frente a um espelho.

Olhos genuinamente sorridentes

Todos os sorrisos são mesmo genuínos? O investigador americano, Paul Ekman, estudou o modo como as pessoas sorriem. Observou quais os músculos faciais que estão activos em que sorrisos e, consequentemente, definiu 19 tipos diferentes de sorrisos. Porém, apenas uma das 19 expressões faciais de riso é verdadeiramente genuína e não apenas produzida por educação, vergonha ou mesmo ansiedade. Aliás, o nosso músculo orbicular do olho é a verdadeira estrela deste riso honesto. O músculo orbicular do olho faz-nos comprimir os olhos em conjunto, e exibe as linhas de riso nos cantos dos nossos olhos. Aliás, Ekman até atribuiu a este sorriso um nome especial na sua investigação: o sorriso Duchenne – devido ao neurologista Guillaume Duchenne que investigou este músculo, pela primeira vez, em 1862. Porque não procurá-lo, ocasionalmente?

O que é que isto significa para utilizadores de óculos?

As pessoas podem ler os nossos verdadeiros sentimentos na nossa cara, por instinto. Um sorriso afável é transmitido não apenas pela posição dos cantos da nossa boca mas, também, decisivamente pelos nossos olhos. Em simultâneo, a pessoa com quem falamos pode saber, apenas pelos nossos olhos, se o nosso riso é honesto e se estamos felizes.

Como utilizadores de óculos, isto representa um obstáculo específico pois os nossos velhos amigos, os óculos, encontram-se no caminho do contacto visual.

Aqui estão as 3 principais sugestões para que os utilizadores de óculos consigam obter olhos sorridentes:


1. Óculos com revestimento anti-reflexo para uma visão nítida

As nossas lentes desempenham um papel bastante decisivo no nosso sorriso – e, ao contrário daquilo que pode pensar, não é devido ao aspecto da armação. A pessoa com que falamos precisa de ver os nossos olhos o mais nitidamente possível. Por exemplo, as lentes não devem ter um efeito de espelho desagradável. A nossa sugestão: Um revestimento anti-reflexo de alto desempenho é muito importante para conseguirmos mostrar os nossos olhos, do modo mais natural possível, à pessoa com quem falamos.

2. Lentes finas e elegantes para um visual magnífico

As lentes com uma graduação elevada podem alterar significativamente o aspecto dos nossos olhos. Geralmente, quanto maior a deficiência visual, mais espessas e pesadas são as lentes necessárias. As pessoas que sofrem de hipermetropia e usam lentes positivas têm óculos espessos e curvados para o exterior. Estas fazem os olhos das pessoas parecerem maiores. Por outro lado, as pessoas míopes usam lentes negativas e os seus olhos parecem ser mais pequenos. Ambos estes efeitos podem colocar os olhos do utilizador de óculos em situação de desvantagem. Como resultado, o seu sorriso pode não parecer o mais natural possível. A nossa sugestão: Os materiais de plástico especial, de elevada refracção e os designs de lentes optimizados  podem fazer das lentes oculares algo confortavelmente leve e fino. Isto evita efeitos indesejados e o tamanho dos seus olhos parecerá mais natural para quem observa.

3. Os óculos de sol são assassinos da comunicação:

São um acessório com estilo e sempre na moda, bem como um meio agradável e eficaz de não ser ofuscado pela luz do sol: Toda a gente sabe que os óculos de sol  são um meio importante de protegermos os nossos olhos contra a luz forte do sol. Porém, dificultam bastante a comunicação numa conversa importante, por exemplo. A pessoa com quem falamos não consegue detectar os sinais bastante decisivos a partir do contacto visual e da expressão nos nossos olhos. É possível que a pessoa com quem falamos ache isto bastante desagradável. A nossa sugestão: para essa conversa importante, vá para a sombra e levante os óculos de sol elegantemente até à sua testa ou volte a colocá-los na caixa.

Mas e se não tiver os seus óculos «normais» consigo? Temos algo que pode ajudar. Para as pessoas que necessitam sempre de auxílio visual e não querem andar com dois pares de óculos, as lentes de coloração automática, como a nova PhotoFusion® da ZEISS, podem ser úteis. Estas lentes oculares mudam de nítidas para coloridas e repetem o processo ainda mais rápido do que antes.

O riso é uma das respostas mais naturais no nosso corpo. Não apenas em situações divertidas mas, também, para expressar uma sensação de alívio após ultrapassar problemas ou como um mecanismo bastante eficaz de auto-defesa perante a ameaça de conflitos. Rir faz bem!

Artigos relacionados

O uso de óculos inadequados ou a exposição à luz desfavorável podem prejudicar os seus olhos?
Melhor visão com um novo par de lentes
Carl Zeiss, Ernst Abbe e Otto Schott – Uma equipa vencedora
Quando os óculos ficam muito apertados. As melhores dicas para uma visão confortável e o ajuste perfeito.
Por que as pessoas enxergam de modo diferente?
 

Este website usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto criados pelos websites e armazenados em seu computador. O uso de cookies é uma prática comum que permite melhorar o desempenho e a visualização dos sites. Ao navegar em nossos sites você está concordando com o seu uso. mais

OK