Olhos inchados, olheiras, olhos vermelhos e ardor nos olhos

Tudo o que precisa de saber acerca das possíveis causas e da prevenção

Costuma ter os olhos inchados, olheiras, olhos vermelhos ou ardor nos olhos? Estes sintomas são desconfortáveis e têm muitas causas possíveis. A MELHOR VISÃO explica: O que causa olhos inchados, olheiras, olhos vermelhos ou ardor nos olhos – e qual a melhor prevenção?

Os nossos olhos são sensíveis e são vários os factores que os podem irritar: poucas horas de sono, óculos inadequados, alergias, infecções oculares ou muitas horas em frente ao computador. Por isso, não é de admirar que queixas de olhos inchados, olheiras, olhos vermelhos ou ardor nos olhos sejam tão comuns. Porém, existem formas eficazes de evitar estes problemas. Explicamos-lhe quais e como.

Olhos inchados

Sintomas de olhos inchados:

Os olhos e as pálpebras ficam inchados e, ocasionalmente, vermelhos e sensíveis à pressão. A comichão, o lacrimejo e a sensação de ardor são constantes. Os sintomas geralmente afectam ambos os olhos, e só em raras ocasiões afectam apenas um.

Olhos inchados
Causas de olhos inchados:

Já deve conhecer algumas das causas mais comuns para os olhos inchados. De manhã, ao espelho, são evidentes as marcas da noite anterior: poucas horas de sono, ar viciado (por exemplo, em espaços muito quentes ou abafados) ou ter chorado durante um filme romântico são factores que exercem uma enorme pressão sobre os nossos olhos, fazendo com que inchem. Isto acontece porque a pele do contorno dos olhos é muito mais fina do que aquela que cobre o resto do rosto, o que significa que os sinais de desgaste e de fadiga são bem mais visíveis nesta zona. Contudo, os olhos inchados também podem ter origem hereditária ou estar relacionados com o envelhecimento – e, além destas, existem muitas outras causas: Contudo, os olhos inchados também podem ter origem hereditária ou estar relacionados com o envelhecimento – e, além destas, existem muitas outras causas:

  • Se o seu jantar estiver muito salgado ou contiver muita proteína, poderá acordar com os olhos inchados. Este problema é agravado se passar muito tempo a dormir na horizontal, o que compromete o fluxo do fluido linfático para a zona dos olhos. O fluxo acumula-se durante a noite, causando o inchaço.
  • Alergias (normalmente relacionadas com pólen, poeiras e pêlos de animais) e intolerância a determinados medicamentos ou alimentos podem também originar este problema.[Link zu „Augenallergien – und was jetzt schnell hilft“].
  • A neurodermatite aguda pode provocar olhos inchados, inflamados e/ou secos.
  • Certas infecções oculares como a conjuntivite ou os terçolhos também fazem inchar os olhos.
  • Os problemas nos olhos são, por vezes, indicadores de outra doença. Por exemplo, os olhos inchados podem estar na origem de doença cardíaca ou renal, de hipotiroidismo ou de tensão arterial elevada. É frequente os olhos incharem quando estamos constipados, especialmente se os seios nasais forem afectados.
  • A desidratação é também uma das causas possíveis de olhos inchados.
  • A secura ocular, por exemplo, devido ao uso prolongado de lentes de contacto, à exposição ao ar aquecido ou a longas horas diante do computador, também pode causar inchaço.
  • Alguns medicamentos secam os olhos, fazendo com que inchem.
  • Influências externas, como uma pancada ou impacto, também podem provocar inchaço.
  • Durante a menstruação, com a produção de estrogénio, muitas mulheres apercebem-se de acumulação de fluidos em redor das pálpebras.  
Como tratar os olhos inchados:

Existem vários tratamentos disponíveis, dependendo da causa do inchaço. Regra geral, se os sintomas não desaparecerem por si, é aconselhável consultar um oftalmologista para determinar a causa. O mesmo se aplica a sintomas recorrentes ou a sintomas repentinos que demoram a desaparecer.

Existem vários remédios caseiros simples, testados e comprovados que podem proporcionar alívio rápido aos olhos muito inchados. Tal como acontece com a maior parte das tumefacções, o frio pode fazer maravilhas. Por que não experimenta colocar uma saqueta de chá frio sobre as pálpebras inchadas (o chá verde reduz o inchaço) ou uma máscara refrescante à base de pepino sobre os olhos?

Atenção: as saquetas de chá preto aromatizado podem desencadear uma reacção alérgica em algumas pessoas. Se for este o caso, remova imediatamente a saqueta de chá. Uma alternativa prática consiste em usar duas colheres de chá: ponha-as no congelador durante cinco minutos e, em seguida, coloque-as com a parte interior côncava apoiada sobre os olhos inchados. O frio, além de agradável, fará reduzir o inchaço. Importante: não deixe as colheres durante muito tempo no congelador para que não fiquem demasiado geladas. Se as colheres provocarem uma sensação desagradável, retire-as imediatamente dos olhos e espere um pouco que o metal aqueça.Se sofre de olhos inchados com frequência, é aconselhável usar uma máscara de frio para os olhos (à venda em farmácias e lojas de produtos de beleza e de saúde). A máscara de gel provoca uma agradável sensação de frescura, acalmando e refrescando a pele sensível em redor dos olhos. Se o inchaço for devido a secura ocular, umas gotas oftálmicas específicas ajudam a estabilizar a película lacrimal e a manter os olhos hidratados, o que irá reduzir a irritação. Por sua vez, se o inchaço for devido a alergias, os anti-histamínicos (à venda em farmácias) podem oferecer um alívio rápido dos sintomas agudos. A medicação específica para as alergias alivia os sintomas ou evita as reacções alérgicas. A dessensibilização, também conhecida como imunoterapia específica, pode ajudar a combater as alergias. Esta terapia consiste em administrar ao doente uma dose muito pequena da substância a que é alérgico. Este procedimento é repetido durante seis meses a três anos. Desta forma, o corpo começa gradualmente a “aceitar” o alergénio – na melhor das hipóteses, sem manifestar reacções de defesa. Se o inchaço for provocado por tensão arterial alta ou por uma doença cardíaca ou renal, o seu médico poderá indicar-lhe o melhor tratamento.

Se o inchaço for devido a neurodermatite e os sintomas forem agudos, costuma ser receitado um creme de cortisona. Nem todos os cremes e pomadas são adequados para todas as zonas da pele, por isso, consulte sempre um médico antes de tratar a área sensível que circunda os olhos.
Uma infecção ocular pode fazer com que os olhos inchem. Existem vários tratamentos disponíveis, dependendo do tipo de inchaço.

Prevenção de olhos inchados:

Existem várias formas de prevenção, tal como existem várias causas para o inchaço nos olhos. Sempre que possível, evite as causas comuns, como beber álcool à noite ou comer alimentos com elevado teor de sal e de proteína. Além disso, é possível evitar os olhos inchados se tiver em conta os seguintes conselhos:

  • Durma o mais que puder e tente manter um padrão de sono regular. Sete horas de sono é o ideal para a maior parte das pessoas.
  • O seu quarto não deve estar muito quente, pois isso pode causar irritação nos olhos. Cada pessoa é diferente no que toca a determinar qual a temperatura ideal do seu quarto, mas, regra geral, esta deverá manter-se entre os 16 e os 20 ºC.
  • O ar poluído pode irritar os olhos, pelo que todas as divisões da casa devem ser bem arejadas regularmente para evitar que os olhos fiquem secos, irritados e inchados.
  • A desidratação é uma das causas possíveis de olhos secos e inchados. Por isso, é importante ingerir muitos líquidos – idealmente, até dois litros de água por dia. Consumir menos açúcar também pode ajudar a evitar este problema.
  • Muitas alergias podem provocar olhos inchados e olheiras.
  • Consumir quantidades excessivas de açúcar ou de álcool, ou usar cosméticos com perfume ou conservantes pode também irritar a pele. Nos doentes com neurodermatite, isto pode causar inchaço nos olhos. Estes doentes devem, portanto, seguir um estilo de vida saudável e evitar usar produtos agressivos para a pele.
  • Se o inchaço for causado por conjuntivite ou por outra infecção ocular, existem diversos métodos de prevenção consoante o tipo de infecção.

Olheiras

Sintomas de olheiras:

A pele por debaixo dos olhos torna-se escura. Algumas pessoas ficam com um ar abatido, ou até doente, dependendo da gravidade das olheiras. As áreas afectadas adquirem uma tonalidade castanha, azulada, acinzentada ou azul-arroxeada. As olheiras são geralmente inofensivas e não devem ser confundidas com um olho negro, que é um hematoma causado por uma força exterior.

Olheiras
Causas das olheiras:

As olheiras são, na maior parte dos casos, um problema temporário e meramente estético. Existem duas causas principais:

1. Excesso de depósitos de pigmentos na pele (hiperpigmentação)

A cor da pele é regulada por factores como a melanina. Esta é uma substância que se encontra nas células e que determina, em grande parte, a cor da nossa pele. Quanto mais melanina a nossa pele tiver, mas escura será. Se uma grande quantidade de melanina for depositada em redor dos olhos, esta adquire uma tonalidade azul ou azul-acinzentada, característica das olheiras. Em medicina, isto é conhecido como hiperpigmentação ou melasma. As olheiras devido a hiperpigmentação podem ser hereditárias. Outras causas incluem:

  • Infecções, doenças e erupções cutâneas (neurodermite, alergias por contacto)
  • Exposição frequente e intensiva aos raios UV
  • Drogas e alguns medicamentos

2. Vasos sanguíneos visíveis

A segunda causa mais comum de olheiras são os vasos sanguíneos visíveis. A região por debaixo dos olhos é composta por pele especialmente fina e tecido adiposo subcutâneo – em algumas pessoas, esta pele é tão fina que os vasos sanguíneos podem ser vistos através dela. Isto faz com que a área afectada pareça mais escura, razão pela qual as olheiras têm um aspecto acastanhado. Quanto menos oxigénio receberem os vasos sanguíneos, mais perceptíveis estes se tornam através da pele. Isto acontece porque o sangue venoso é mais escuro do que o sangue oxigenado. Outros factores causadores de olheiras relacionados com vasos sanguíneos são:

  • Doença renal e da tiróide
  • Poluentes (por ex., poluição atmosférica e da água, gases de escape)
  • Desidratação
  • Má alimentação e carência de ferro
  • Consumo de drogas, álcool e nicotina
  • Stress
  • Falta de sono  

Como tratar as olheiras:

Existem remédios caseiros simples que ajudam a reduzir os sintomas agudos das olheiras. Um deles consiste num pano embebido em água fria que, ao ser colocado sobre as olheiras durante cinco a dez minutos, faz contrair os vasos sanguíneos, atenuando o aspecto das olheiras. Tal como no tratamento de olhos inchados, as máscaras de gel para os olhos (à venda em farmácias e lojas de produtos de beleza e de saúde) podem surtir um efeito semelhante, assim como as saquetas de chá verde ou preto. Basta verter água quente sobre duas saquetas de chá, deixar arrefecer, espremer cuidadosamente e colocar sobre as áreas afectadas. A cafeína contida no chá faz contrair os vasos sanguíneos, o que confere uma aparência mais clara às olheiras. Atenção: as saquetas de chá preto aromatizado podem desencadear uma reacção alérgica em algumas pessoas. Se for este o caso, remova imediatamente a saqueta de chá. Massajar suavemente a região afectada ajuda a estimular a circulação e, assim, a reduzir as olheiras.

Como tratar as olheiras

O corrector de olheiras é uma solução cosmética que ajuda a disfarçar as olheiras de forma rápida e fácil! Evite os correctores que secam a pele e prefira um que tenha efeito hidratante. Se a sua pele for sensível ou propensa a alergias, é aconselhável usar um corrector sem perfume. Dica: escolha uma cor num tom abaixo do da sua pele ou da sua maquilhagem.

Prevenção das olheiras:

Dependendo das causas, existem várias maneiras de prevenir a formação de olheiras. Se na origem das olheiras estiver uma má alimentação, uma solução eficaz passa por alterar os seus hábitos alimentares. Se a causa for falta de sono, stress, drogas, álcool ou tabaco, adoptar um estilo de vida mais equilibrado trará enormes benefícios. A desidratação é outra causa comum das olheiras, pelo que ingerir muitos líquidos é uma eficaz forma de prevenção.

Olhos vermelhos ou inflamados

Sintomas de olhos vermelhos ou inflamados:

A inflamação pode ser ligeira a grave e pode manifestar-se num só olho ou em ambos. As pessoas queixam-se, muitas vezes, de comichão, de ardor e de olhos lacrimejantes, tudo em simultâneo.

Olhos vermelhos ou inflamados
Causas de olhos vermelhos ou inflamados:

A vermelhidão é causada por vasos sanguíneos dilatados e pelo aumento da circulação na conjuntiva ou na esclera por baixo desta. Estes vasos sanguíneos são claramente visíveis contra o fundo branco da esclera e, dada a sua densidade, os olhos ficam subitamente vermelhos quando a circulação aumenta. Em medicina, isto é conhecido como aumento da vascularização. Os olhos inflamados podem ter diversas causas, como:

  • Forte pressão intra-ocular
  • Secura ocular, por exemplo, devido ao ar seco
  • Falta de sono
  • Esforçar demasiado os olhos, por exemplo, se passar muitas horas diante do computador e/ou se não pestanejar o suficiente
  • Ruptura venosa, devido à contaminação do olho ou a uma lesão ocular
  • Deficiências visuais mal corrigidas ou por corrigir
  • Uso prolongado de lentes de contacto
  • Infecções virais, como herpes
  • Produtos cosméticos como maquilhagem e rímel (pode fazer com que as extremidades das pálpebras fiquem coladas)
  • Conjuntivite  
Como tratar os olhos vermelhos ou inflamados:

Podem ser usados vários métodos de tratamento, consoante a causa dos olhos vermelhos ou inflamados. O olho é um órgão muito sensível – em caso de dúvida, consulte sempre um médico em vez de tentar tratar o problema sozinho. Se olhos se tornarem muito secos e, em consequência disso, ficarem vermelhos ou inflamados, usar uma película lacrimal artificial pode ajudar a aumentar a hidratação da superfície ocular. Se a causa for uma alergia, anti-histamínicos ou gotas e pomadas oftálmicas com cortisona podem proporcionar um alívio imediato. No caso de infecção bacteriana, o seu oftalmologista receitar-lhe-á um ciclo de antibiótico. As deficiências visuais mal corrigidas ou por corrigir podem resultar em olhos vermelhos ou inflamados. Se for este o seu caso, o seu oftalmologista pode realizar um exame para lhe recomendar os óculos certos para si. Para utilizadores de lentes de contacto: se os seus olhos ficam frequentemente vermelhos e inflamados quando usa lentes de contacto, experimente reduzir o tempo de utilização ou mude para outra marca de lentes ou para um produto de limpeza diferente.

Prevenção de olhos vermelhos ou inflamados:

Existem várias formas de prevenção, tal como existem várias causas para os olhos vermelhos ou inflamados. Evite as causas típicas, nomeadamente influências externas como ar seco ou correntes de ar, água com cloro, fumo de tabaco e poeiras. Estas podem originar conjuntivite e, em consequência disso, vermelhidão ou ardor nos olhos. As mulheres que usam maquilhagem todos os dias devem limpar as glândulas das pálpebras de forma regular. Para tal, basta aplicar um pano quente e húmido sobre os olhos durante dez minutos. Em seguida, massaje suavemente as pálpebras com um disco de algodão. Se verter algum fluido para fora das glândulas, este pode ser removido com um cotonete humedecido. Se usar lentes de contacto, certifique-se de ler as instruções dos produtos de limpeza e de não exceder o tempo de uso recomendado pelo fabricante. Se passar longas horas ao computador, pode evitar os olhos vermelhos ou inflamados fazendo pausas regulares (por exemplo, olhe pela janela ou pestaneje repetidamente durante alguns momentos). Umas lentes específicas para computador oferecem um maior conforto visual.

Ardor nos olhos

Sintomas de ardor nos olhos:

Os olhos ficam irritados e com comichão e, muitas vezes, doridos e inflamados. O ardor nos olhos é frequentemente acompanhado de outros sintomas, nomeadamente, olhos vermelhos e inflamados, a sensação de ter um corpo estranho nos olhos, comichão nas pálpebras, fotossensibilidade e excesso de película lacrimal.

Ardor nos olhos
Causas de ardor nos olhos:

A secura ocular (síndrome de Sicca) provoca, muitas vezes, ardor nos olhos.[Link zu „Die häufigsten Augenentzündungen“]. Como o fluido lacrimal não é suficiente para manter a conjuntiva e a córnea lubrificadas, isto origina irritação e, consequentemente, ardor nos olhos. É provável que a qualidade do fluido lacrimal esteja aquém do ideal ou que este não esteja a ser produzido em quantidade suficiente. O ardor nos olhos também pode ter outras causas, como:

  • Esforçar demasiado a vista, por exemplo, se passar muitas horas ao computador
  • Tomar determinados medicamentos
  • Deficiências visuais mal corrigidas ou por corrigir
  • Conjuntivite e infecção da córnea
  • Doenças como incontinência urinária provocadas por problemas de tiróide, diabetes ou reumatismo  
Como tratar o ardor nos olhos:
Existem vários tratamentos disponíveis, dependendo da causa do ardor nos olhos. Se sofrer de ardor nos olhos, umas gotas oftálmicas específicas podem proporcionar um alívio imediato. Estas estabilizam a película lacrimal e acalmam a conjuntiva. Se a causa for uma alergia, anti-histamínicos ou gotas e pomadas oftálmicas com cortisona podem proporcionar um alívio imediato. No caso de infecção bacteriana, o seu oftalmologista receitar-lhe-á um ciclo de antibiótico. As deficiências visuais mal corrigidas ou por corrigir podem provocar ardor nos olhos. Se for este o seu caso, o seu oftalmologista pode recomendar-lhe os óculos certos para si. Para utilizadores de lentes de contacto: se sentir ardor nos olhos com frequência ao usar lentes de contacto, experimente reduzir o tempo de utilização ou mudar para outra marca de lentes ou para um produto de limpeza diferente.
Prevenção do ardor nos olhos:
Evite as causas típicas, nomeadamente influências externas como ar seco ou correntes de ar, água com cloro, fumo de tabaco e poeiras. Estas podem originar conjuntivite e causar ardor nos olhos. Se usar lentes de contacto, certifique-se de ler as instruções dos produtos de limpeza e de não exceder o tempo de uso recomendado pelo fabricante. Pode eliminar o ardor nos olhos quando passa longas horas ao computador se fizer pausas regulares. Olhe de vez em quando para longe e pestaneje para hidratar e relaxar os olhos. Umas lentes específicas para computador oferecem um maior conforto visual.

Atenção: mesmo que muitos dos sintomas pareçam inofensivos, estes podem também indiciar uma doença grave.
Em caso de dúvida ou de agravamento dos sintomas, consulte imediatamente um médico. Isto é fundamental se tiver dificuldade em perceber quais são as causas dos sintomas. Um médico ou um oftalmologista será capaz de efectuar um diagnóstico definitivo através do seu historial clínico.

O meu Perfil Visual Determine já os seus hábitos visuais e encontre a sua solução de lentes oftálmicas.
Encontre uma óptica ZEISS perto de si

Artigos relacionados

10 conselhos para ter olhos saudáveis Como evitar os olhos secos e a fadiga ocular.

Saúde e prevenção 18/abr/2019

Tags:

Glaucoma – tudo o que precisa de saber acerca da segunda maior causa de cegueira O glaucoma é uma doença grave dos olhos que afecta a tensão ocular.

Saúde e prevenção 14/mar/2019

Tags:

Porque razão é que os óculos das crianças devem oferecer a melhor protecção UV O que todos os pais devem saber, para proteger os olhos dos seus filhos contra a radiação ultravioleta (UV) nociva.
Quais os óculos de sol adequados para a sua actividade favorita? Existe um par de óculos de sol perfeito para qualquer ocasião

Produtos relacionados