PRK/LASEK: um guia breve

Cirurgia a laser na superfície do olho

A técnica PRK/LASEK é um tipo comum de cirurgia ocular a laser utilizada para a correção de erros refrativos, tais como miopia, hipermetropia e astigmatismo. MELHOR VISÃO explica tudo aquilo que necessita de saber sobre esta opção.

O que é a técnica PRK/LASEK?

Cirurgia na superfície do olho

A técnica PRK (ceratotomia fotorefrativa) foi o primeiro método de cirurgia ocular, tendo sido inventada no final dos anos 90. Milhares de pacientes foram tratados com PRK antes da invenção de técnica LASIK. A técnica PRK/LASEK continua a ser uma opção para pessoas com miopia ligeira, hipermetropia e astigmatismo.

Algumas pessoas optam pela técnica PRK/LASEK em vez da técnica LASIK, apesar do maior tempo de recuperação e do desconforto após a cirurgia, para evitarem a criação do flap. O "flap" é uma fina camada do tecido corneal superior que é dobrada durante uma cirurgia com a técnica LASIK para aceder ao tecido corneal subjacente, com vista à ablação através de um laser de excímeros. Após a ablação, o flap é colocado na posição original.

Como funciona a técnica PRK/LASEK?

Ao contrário da crença popular, as cirurgias com as técnicas PRK e LASEK não são exatamente iguais. Na realidade, estes dois procedimentos diferem ligeiramente no primeiro passo.

Em ambas as cirurgias, a camada superior externa de células (epitélio) no olho é removida com uma solução alcoólica para expor a subcamada da córnea ao laser. Com a técnica PRK, esta camada é totalmente removida, contudo, com a técnica LASEK, esta é movida para o lado e recolocada no final da cirurgia.

Ambos os tipos de cirurgia recorrem a um laser de excímeros – um laser ultravioleta utilizado em cirurgia ocular para remover o tecido corneal através de ablação. Quando a camada superior da córnea é exposta, o laser de excímeros remodela a parte dianteira do olho para que a luz que o atravessa seja devidamente focada na parte traseira do mesmo.

Por fim, é colocada uma lente de contacto terapêutica protetora sobre o olho até que o epitélio volte a crescer, normalmente após alguns dias. A total recuperação da visão demora aproximadamente um mês ou mais, sendo mais longa comparativamente a métodos de correção a laser da visão alternativos.

Vantagens

O procedimento PRK/LASIK apresenta algumas vantagens comparativamente a outras opções de tratamento:

  • Maior elegibilidade: este procedimento pode também ser adequado para córneas mais finas. A técnica PRK/LASEK remove apenas a camada mais superior do olho, deixando a máxima quantidade de tecido para a remodelação através do laser.
  • Sem complicações relacionadas com o flap: com a técnica PRK/LASEK são eliminadas as possibilidades de complicações relacionadas com o flap durante e após a cirurgia, não havendo o risco de deslocamento do mesmo.

Preparação para a cirurgia

Antes e no dia da cirurgia

Antes da cirurgia, os pacientes são normalmente instruídos pelo médico no sentido de:

  • Não usar lentes de contacto rígidas durante, pelo menos, quatro semanas nem lentes suaves durante duas semanas antes da cirurgia, visto que isso poderá interferir com os testes de diagnóstico pré-operatórios.
  • Não usar maquilhagem, perfume nem cremes no dia anterior à cirurgia nem no dia da mesma. Estes produtos podem deixar resíduos em redor do olho e nas pestanas, o que aumenta a possibilidade de infeção.
  • Providenciar transporte alternativo imediatamente após a cirurgia e, possivelmente, durante alguns dias após a mesma.

Os passos

Entorpecimento do olho

Entorpecimento do olho

Para reduzir a dor durante a cirurgia, são utilizadas gotas de anestesiante para entorpecer o olho. É utilizado um fixador de pálpebra para evitar o pestanejo durante a cirurgia.

Dissolução do epitélio

Dissolução do epitélio

O médico irá administrar algumas gotas de solução alcoólica para dissolver o epitélio.

Remoção do epitélio

Remoção do epitélio

O epitélio é removido com um instrumento especial. Com a técnica PRK, esta camada será totalmente removida. Com a técnica LASEK, esta camada é movida para o lado e recolocada no final da cirurgia.

Remodelação da córnea

Remodelação da córnea

Um laser de excímeros irá esculpir o tecido corneal com base na estrutura do olho. A nova forma da córnea irá corrigir a forma como a luz atravessa a córnea, permitindo uma visão clara.

Lente de contacto terapêutica

Lente de contacto terapêutica

Após a intervenção a laser, são colocadas algumas gotas de líquido calmante e de enxaguamento sobre a córnea. Após a cirurgia, o médico colocará uma lente de contacto terapêutica para apoiar o processo de cura e melhorar o conforto.

Após a cirurgia

Longa recuperação da visão com algum desconforto. Após a cirurgia, recomenda-se:

  • Utilize colírios durante alguns dias após a cirurgia para ajudar a prevenir infeções e atenuar a secura
  • Evitar desportos de contacto intensos durante, pelo menos, uma semana
  • Não esfregar o olho que foi operado, descansar e não efetuar demasiados esforços
  • Usar um penso ocular enquanto dorme durante uma semana para evitar irritação adicional
  • Não trabalhar durante a primeira semana
  • Por vezes, poderá sentir desconforto, aspereza e comichão no olho após a cirurgia. Normalmente, são necessários 4 a 5 dias para que uma nova camada de células cresça no olho. Após esse período, o médico irá remover a lente de contacto terapêutica. A visão demora cerca de um mês a estabilizar. Por norma, os médicos agendam um check-up no dia após a cirurgia e novamente após 4-5 dias. Frequentemente, os médicos agendam também outro exame de acompanhamento após um mês.

Potenciais efeitos secundários

Nenhuma intervenção cirúrgica está totalmente isenta de riscos e efeitos secundários. O seu oftalmologista pode evidenciar os potenciais riscos e decidirá se será elegível para a cirurgia.

Visto que a técnica PRK/LASEK se caracteriza pela aplicação do laser na superfície, as complicações mais frequentes incluem névoa e cicatrização. A névoa confere um aspeto leitoso à córnea do paciente. Normalmente, não é algo permanente, podendo ser tratado com colírios.

Outras possíveis complicações e efeitos secundários da técnica PRK/LASEK, bem como de tipos alternativos de correção a laser da visão, encontram-se explicados na página de potenciais riscos.

Perguntas frequentes

Qual a diferença entre LASEK e LASIK?

Existem duas grandes diferenças entre estes dois tipos de cirurgias oculares a laser.

Com a técnica LASEK, as camadas interiores da córnea ficam expostas. O médico aplica uma solução alcoólica para soltar o epitélio, afastando-o temporariamente para o lado. De seguida, o médico aplica o laser de excímeros, um laser ultravioleta utilizado em cirurgias oculares, para remover o tecido corneal através de ablação. Durante a técnica LASEK, isto é efetuado na camada superior exposta da córnea.

Com a técnica LASIK, é cortado um flap com um dispositivo mecânico ou laser, permanecendo dobrado durante a cirurgia e sendo depois reposicionado no final da mesma. A camada de tecido corneal removida através de ablação com a técnica LASIK ocorre no estroma, uma subcamada da córnea.

A segunda diferença é o tempo de recuperação e a experiência do paciente. Normalmente, os pacientes submetidos a cirurgia LASIK apresentam um período de cura significativamente mais curto e com menos desconforto.
 

Tenho córneas finas. Isto significa que deverei obter tratamento com a técnica PRK em vez de com as técnicas SMILE ou LASIK?

A cirurgia mais adequada ao seu caso também depende da sua graduação e de outras condições preexistentes – como síndrome de secura ocular. Caso não seja elegível para a técnica LASIK, as técnicas PRK/LASEK ou SMILE poderão ser uma possível solução. Ambas as aplicações poderão ser alternativas para pessoas com córneas finas ou casos mais graves de miopia. Os candidatos incluem também pessoas que possam apresentar um risco elevado de complicações relacionadas com o flap (por ex., determinadas profissões, desportos e passatempos de elevada intensidade ou que envolvam contacto). O seu oftalmologista poderá recomendar o melhor procedimento de cirurgia ocular a laser para o seu caso específico.

O meu Perfil Visual Determine já os seus hábitos visuais e encontre a sua solução de lentes oftálmicas.
Localizador de Clínicas Encontre a sua clínica de eleição local

Artigos relacionados

SMILE Um guia breve sobre cirurgia ocular minimamente invasiva
LASIK Um breve guia sobre a cirurgia ocular a laser mais praticada
Potenciais riscos e custos da cirurgia ocular a laser No que respeita à correção da visão, estão disponíveis várias opções de cirurgia ocular a laser. MELHOR VISÃO explica os riscos e custos envolvidos.
O processo de cirurgia ocular a laser Se está a considerar a cirurgia ocular a laser, poderá sentir-se um pouco sobrecarregado com todas as informações. MELHOR VISÃO explica cada passo do processo, evidenciando algumas perguntas importantes a colocar ao longo do percurso.
SMILE, LASIK ou PRK/LASEK? Comparação do tratamento Descubra como as cirurgias oculares a laser se comparam
Perguntas frequentes sobre cirurgia ocular a laser Está a considerar a cirurgia ocular a laser? MELHOR VISÃO responde a algumas das perguntas mais frequentes sobre esta opção de correção da visão.
Cirurgia ocular a laser: encontrar a clínica certa Se está a considerar a cirurgia ocular a laser, é importante encontrar a opção de tratamento e clínica mais adequadas às suas necessidades individuais. MELHOR VISÃO compara todas as opções e explica como poderá encontrar a clínica certa.