As lentes certas para uma visão perfeita

Quais são as melhores lentes para o seu problema de visão?

Miopia, hipermetropia, presbiopia – existem muitos problemas de visão que podem limitar a nossa percepção visual. Na maior parte dos casos, um par de óculos bem ajustados e com as lentes certas podem ajudá-lo a ver novamente com nitidez. Mas qual é o tipo de lente adequado para cada deficiência visual? As lentes são a parte mais importante dos óculos, e a variedade é absolutamente enorme. A MELHOR VISÃO explica: que tipos de lentes existem para corrigir eficazmente as deficiências e os problemas de visão?

Soluções clássicas de lentes

Lentes monofocais – para miopia e hipermetropia

As lentes monofocais têm a mesma potência sobre toda a superfície da lente, ou seja, a potência prescrita é idêntica em toda a lente. Estas são utilizadas tanto em óculos de leitura como para ver ao longe – os dois dispositivos de visão mais comuns. Qual é a diferença? Com os óculos de leitura, as lentes monofocais são optimizadas para ver ao perto e adaptadas à distância normal de leitura de uma pessoa hipermétrope. Estas lentes são indicadas não só para ler livros, mas também para ler letras muito pequenas no smartphone ou no tablet.

Para melhor compreender a miopia e a hipermetropia, primeiro temos de lhe explicar como funciona a nossa visão: para que possamos ver com nitidez, quando olhamos para os objectos, o nosso sistema óptico tem de os projectar sobre a retina – e não antes nem para além desta. As pessoas com deficiências visuais têm esta capacidade comprometida. As pessoas hipermétropes vêem os objectos próximos para além da retina, o que faz com que pareçam desfocados. Na miopia, por sua vez, os objectos distantes parecem desfocados porque o olho míope foca as imagens antes da retina e não sobre ela. Um par de óculos para ver ao longe com um ajuste perfeito pode ajudá-lo a voltar a ver objectos próximos e distantes com maior nitidez.

Lentes monofocais – para miopia

Lentes monofocais – para miopia

Lentes monofocais – para hipermetropia

O astigmatismo pode ser corrigido com lentes monofocais. Para tal, é incorporada na lente uma potência prescrita adicional que compensa o astigmatismo: a chamada correcção cilíndrica (abreviatura “cyl” no certificado da lente). Estas são as denominadas lentes tóricas.

Lentes monofocais – para astigmatismo

Lentes monofocais – para astigmatismo

Lentes prismáticas: para heteroforia

Nos doentes com heteroforia, as lentes prismáticas optimizam a interacção entre ambos os olhos. No caso de heteroforia, também conhecida como estrabismo oculto ou latente, os olhos da pessoa afectada não estão exactamente paralelos, o que afecta a visão espacial. O cérebro e os músculos oculares tentam constantemente evitar imagens duplas, o que pode ser extremamente cansativo para os doentes e originar dores de cabeça frequentes. Os óculos com prismas compensam a visão irregular graças a um polimento especial utilizado em, pelo menos, uma das lentes. Isto melhora a mobilidade e a interacção entre os olhos, proporcionando ao utilizador uma visão mais nítida e confortável.

Lentes bifocais: para problemas de visão de perto e de longe

As lentes bifocais consistem em duas lentes, que permitem ao utilizador ver nitidamente tanto os objectos próximos como os distantes. Pode constatá-lo através da linha que divide as duas lentes: a lente inferior é significativamente menor e assemelha-se a uma pequena janela. Esta é a “zona de leitura” para a visão de perto, sendo que o resto da lente assegura uma boa visão à distância. A lente deve o seu nome à dupla graduação: em latim, bi significa “dois” e focal significa “ponto focal”. Anteriormente, as lentes bifocais eram comummente utilizadas para corrigir a presbiopia. Actualmente, não são a primeira escolha. Muitos utilizadores consideram a linha divisória demasiado evidente e desagradável ou até mesmo irritante, por exemplo, ao subir escadas. Qual é a solução? Lentes progressivas modernas. Estas oferecem uma transição perfeita entre os campos de visão e, por conseguinte, um maior conforto visual.

Lentes bifocais

Lentes trifocais: para problemas de visão a várias distâncias

As lentes trifocais (tri significa “três”, focal significa “ponto focal”) têm uma estrutura semelhante à das lentes bifocais, mas destinam-se a pessoas com presbiopia. Além de estarem optimizadas para a visão de perto e de longe, integram também uma zona de correcção para as distâncias intermédias, por exemplo, entre 50 e 150 cm. As lentes trifocais têm os mesmos inconvenientes das lentes bifocais: difícil transição entre os campos de visão e visível divisão entre as lentes – razões pelas quais cada vez mais utilizadores de óculos optam por lentes progressivas modernas.

Lentes progressivas: para miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia

Lentes progressivas: para miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia

As lentes progressivas têm claras vantagens em comparação às lentes bifocais e trifocais. As lentes progressivas incluem potências dióptricas para zonas de visão próxima, intermédia e para longe – tudo isto numa só lente, com uma transição perfeita e sem linha divisória. A potência dióptrica funciona perfeitamente de cima para baixo, indo desde a visão para longe até à visão para perto. As lentes progressivas permitem uma visão nítida e confortável a qualquer distância e são a escolha perfeita para corrigir a miopia, a hipermetropia e a presbiopia. São ideais para ler, para trabalhar ao computador ou para fazer trabalhos manuais, ou simplesmente para olhar para longe.

Varifocals

Graças aos avançados métodos de produção com um conforto visual excepcional, as lentes progressivas da ZEISS são perfeitamente adaptadas às necessidades do utilizador, recorrendo a uma série de factores. Alguns aspectos relevantes são a distância interpupilar, o ângulo pantoscópico e a distância ao vértice posterior, entre outros parâmetros faciais individuais que a ZEISS tem em conta durante a produção das lentes.

Imagens desfocadas na zona de transição ou problemas a subir escadas – características das primeiras gerações de lentes progressivas – pertencem geralmente ao passado no que se refere a lentes progressivas. Estas permitem não só uma visão nítida e natural, mas também uma rápida focagem a qualquer distância e em qualquer direcção. São os óculos perfeitos para uso diário – quer seja este o seu primeiro par, quer vá substituir os seus óculos de leitura por lentes progressivas, ou inclusive se até agora apenas precisou de óculos para ver ao longe. As lentes progressivas são também a solução ideal para pessoas com visão normal ou com astigmatismo que estejam a começar a desenvolver presbiopia.

Quaisquer que sejam as suas necessidades, o seu óptico terá todo o gosto em poder ajudá-lo a escolher as lentes progressivas certas para si.

Lentes especiais para utilizações específicas

Um par de óculos deve ser único, tal como o seu utilizador. Dependendo do seu estilo de vida, hobbies ou profissão, os óculos devem ser capazes de dar resposta a uma série de necessidades diferentes. É por isso que é extremamente importante realizar uma análise exaustiva das suas necessidades visuais para que o seu óptico lhe possa recomendar as lentes certas para si. Além de opções de lentes “normais”, também existem lentes especiais que o ajudam a conseguir uma visão perfeita. Por exemplo:

Lentes para o estilo de vida digital: para atenuar a fadiga visual digital

O uso de tecnologia digital, como smartphones e e-readers, exige o máximo dos nossos olhos todos os dias. Os nossos olhos têm de se acostumar ao novo campo visual de perto para se adaptarem à curta distância de leitura dos dispositivos digitais, em comparação com um jornal ou um livro. Além disso, estes aparelhos obrigam os nossos olhos a alternarem constantemente entre diferentes distâncias. Isto pode originar dores de cabeça e no pescoço, assim como olhos cansados ou irritados, especialmente à medida que envelhecemos. Uma solução seria usar lentes para ver ao longe com apoio especial para ver ao perto, tais como as lentes ZEISS Digital. Estas estão especificamente indicadas para a utilização de dispositivos digitais como e-readers ou smartphones, facilitando a focagem da visão a curtas e a longas distâncias. A tecnologia ZEISS Digital Inside também está disponível para lentes progressivas.

lentes ZEISS Digital

Lentes para uma visão boa e sem encandeamento durante a condução

Uma boa visão é um pré-requisito para se poder conduzir em segurança. Na estrada, os nossos olhos trabalham intensamente, mudando constantemente o foco entre a estrada, o GPS, o espelho retrovisor e os espelhos laterais. O mau tempo e as condições de baixa luminosidade dificultam, muitas vezes, a visão. Umas lentes especialmente optimizados para a condução (por ex., as lentes ZEISS DriveSafe, disponíveis como lentes monofocais ou progressivas) reduzem o stress visual enquanto conduz, facilitando a visão do condutor. Para as pessoas que são sensíveis aos reflexos, as lentes DriveSafe podem ajudar a eliminar a percepção de encandeamento.  

lentes ZEISS DriveSafe

Lentes para o trabalho

As pessoas geralmente notam a mudança a partir dos 40 anos: trabalhar ao computador e mudar o foco – por exemplo, do teclado para o monitor ou do calendário para o telefone – passa a ser, subitamente, mais cansativo para os olhos. Para ver nitidamente a diferentes distâncias, as pessoas adoptam, inconscientemente, uma postura desconfortável, por exemplo, inclinando-se para a frente ou levantando a cabeça. Dores nas costas e no pescoço, olhos secos ou lacrimejantes são apenas algumas das possíveis consequências. As lentes ocupacionais ZEISS evitam este tipo de stress visual. Elas são personalizadas de acordo com as suas necessidades específicas de visão no trabalho e estão optimizadas para todas as distâncias necessárias enquanto trabalha ao computador. As lentes progressivas e de leitura nem sempre são, contudo, a solução ideal, porque as áreas relevantes da lente não estão optimizadas para o trabalho de escritório. Os óculos de leitura só permitem uma visão de qualidade ao perto – uma distância demasiado curta para o trabalho de computador e de secretária. Com lentes progressivas, o utilizador olha para o monitor através da parte intermédia da lente e tem de inclinar a cabeça para cima para ver o ecrã com nitidez. Ambos os tipos de lentes promovem uma postura pouco natural enquanto está sentado, causando uma potencial tensão muscular no pescoço, ombros e costas, assim como dores de cabeça.

Lentes ocupacionais ZEISS

Lentes fotocromáticas: protecção solar eficaz, sem ter de trocar de óculos

Quer esteja no trabalho ou em casa, o uso de lentes solares especiais pode melhorar o seu conforto visual em muitas situações. Sabia que todas as lentes podem ser transformadas em lentes fotocromáticas? Estas oferecem uma protecção UV perfeita e uma visão excelente na mesma lente – sem o incómodo de ter de trocar de óculos. Além disso, estas lentes oferecem tudo aquilo que esperaria encontrar: uma melhor percepção dos contrastes, menos encandeamento e um revestimento anti-reflexo adicional. Escurecem em segundos e voltam a aclarar em apenas poucos minutos.  

Lentes fotocromáticas

Temos ao seu dispor uma grande variedade de lentes – certamente encontrará as mais adequadas para si. Qual o tipo de lentes indicado para o seu caso? Faça já o teste “Perfil da minha visão” e descubra-o rápida e facilmente. Não se esqueça: uma análise exaustiva das suas necessidades visuais é tudo o que precisa para encontrar as lentes perfeitas para si!

O meu Perfil Visual Determine já os seus hábitos visuais e encontre a sua solução de lentes oftálmicas.
Encontre uma óptica ZEISS perto de si

Artigos relacionados

Fortes demais, fracas demais ou desajustadas: podem umas lentes para óculos erradas afectar os seus olhos? Várias queixas apontam para olhos cansados
Como são fabricadas as lentes oftálmicas? Desde lentes orgânicas a lentes de vidro da ZEISS – tudo o que precisa de saber sobre a produção de lentes oftálmicas

Compreender a visão 28/mar/2018

Tags:

Reconhecer problemas de visão Miopia, hipermetropia, astigmatismo, entre outros: quais são os problemas de visão e como podemos corrigi-los?
Deficiência da cor vermelho-verde, daltonismo das cores vermelho-verde e daltonismo total Quais são os diferentes tipos de daltonismo e deficiências na visão de cores? E como podemos reconhecê-los?

Compreender a visão 29/nov/2017

Tags:

Produtos relacionados